site Amigo da Luz

Cardeal Sarah propõe importante mudança para a Missa a partir do Advento

CardenalRobertSarah PavalHadzinskiCC BY NC ND 20 Flickr 06072016

Cardeal Sarah propõe importante mudança para a Missa a partir do Advento

 O Prefeito da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos no Vaticano, Cardeal Robert Sarah, propôs uma mudança importante para a celebração das Missas a partir do primeiro Domingo do Advento deste ano.Na conferência inaugural do evento Sacra Liturgia UK 2016 que acontece em Londres entre os dias 5 e 8 de julho, o Cardeal Sarah afirmou que “é muito importante que voltemos o mais rápido possível a uma mesma direção, dos sacerdotes e de todos os fiéis na mesma direção: para o oriente ou pelo menos para o tabernáculo”.

Leia mais...

Papa eleva à festa dia da memória de Santa Maria Madalena

Virgin with Child between Saint John the Baptist and Saint Magdalena-Piero di Cosimo - Detail 1

Apostolorum Apostola, ou Apóstola dos Apóstolos: assim Santo Tomás de Aquino definia Santa Maria Madalena, testemunha ocular da ressurreição de Cristo e primeira a dar a notícia aos Apóstolos.



Agora, por “desejo expresso do Papa”, a Festa de Santa Maria Madalena será comemorada no Calendário Romano no dia 22 de julho – o mesmo em que era celebrada a memória.
A mensagem de São João Paulo II, na Carta Apostólica Mulieris dignitatem, que trouxe novo alento à questão das mulheres, segue importante hoje para a Igreja. E ganha uma nuance especial com o Jubileu da Misericórdia.

Decreto
O texto da Missa e o Ofício Divino permanecem inalterados, assim como para a Liturgia das Horas. Caberá às Conferências Episcopais traduzir para o próprio idioma o prefácio anexo ao decreto, enviá-lo à Santa Sé que deverá aprovar antes de inseri-lo em uma futura reimpressão do Missal Romano.O termo "Apóstola dos Apóstolos" não é novidade: é citado também por São Tomás de Aquino, o maior teólogo da Igreja. Contudo, é preciso esclarecer que, por esse título, não quer dizer que Maria Madalena é equiparada aos Apóstolos como Bispo, membro do episcopado ou tendo recebido qualquer outro ministério ordenado, até mesmo o diaconal. Segundo o discurso de São Pedro, na eleição de Matias para substituir o traidor Judas Iscariotes, Apóstolo é ser testemunha da ressurreição. É por isso que Madalena, foi a primeira testemunha ocular da Páscoa de Nosso Senhor e quem a anunciou aos Apóstolos. Depois estes confirmaram ou também vendo o túmulo vazio ou a eles também aparecendo o Ressuscitado.

Fonte, em latim: Boletim da Sala de Imprensa da Santa Sé, 10 de junho de 2016.

Com que objetivo e qual mensagem Deus quer nos transmitir com esse novo milagre?

MilagroEucaristicoPolonia DiocesisLegnica 180416

O Bispo de Legnica, na Polônia, Dom Zbigniew Kiernikowski, aprovou há alguns dias um milagre eucarístico ocorrido no Natal de 2013. Em uma época em que alguns católicos, inclusive sacerdotes, não creem na presença real de Cristo na Eucaristia e quando a liturgia perde a sacralidade que lhe corresponde, cabe perguntar-se: Com que objetivo e qual mensagem Deus quer nos transmitir com este novo milagre?

Leia mais...

Papa Francisco: o verdadeiro amor não é o das novelas

papa-francisco-irritado-curia
“Esta palavra – ‘amor’ – é usada tantas vezes", mas sem saber "o que significa exatamente"
 
O Papa Francisco dedicou sua homilia de hoje em Santa Marta a falar sobre o verdadeiro amor.
 
“Esta palavra – ‘amor’ – é usada tantas vezes e, quando usada, não se sabe o que significa exatamente.”
 
Mas o que é o amor? – perguntou Francisco. “Às vezes pensamos no amor das novelas, não, aquilo não parece amor. Ou o amor pode parecer um entusiasmo por uma pessoa e depois… se apaga. De onde vem o verdadeiro amor? Quem ama foi gerado por Deus, porque Deus é amor. Não diz: ‘Todo amor é Deus’, não: Deus é amor”.

Leia mais...

Uso das armas como “única solução” contra o Estado Islâmico? A Igreja é contra

soldado-morto
Sim, católicos (e não católicos): a Igreja é CONTRA essa ideia. E seus motivos são bastante objetivos e claros.
 
Nas redes sociais, a guerra tem sido apontada por muitos internautas católicos como “a única solução” para “acabar com o Estado Islâmico”.
 
Mas será que é?
 
O Vaticano tem se declarado reiterada e explicitamente CONTRA uma guerra, com base no próprio conceito de “guerra justa”, cujas premissas, segundo o Catecismo da Igreja Católica (cf. CIC, §2309), são quatro e devem ser simultâneas:

Leia mais...